kigai, já encontraste o teu?

Ikigai é um termo japonês, oriundo Okinawa.

Okinawa, por sua vez, é uma ilha situada a sul do Japão, no Mar da China Oriental, que fora estudada muitos anos na expectativa de entender as razões pelas quais os seus habitantes constituíam a população mais longeva do mundo. Em 1979 a ilha ficou registada no Guinness Book, já que nela habitava Shigechiyo Izumi, o senhor mais idoso do mundo, à data com 115 anos, e (pasmem-se!) de boa saúde! Tal facto parece, aliás, caracterizar a ilha, já que nela habita a maior população de centenários.

Várias pessoas acreditam que Ikigai seja a principal razão desta longevidade na ilha! Mais que uma vida longa e saudável, Ikigai possibilita a consciencialização do significado da vida de cada um, conduzindo a uma vida preenchida pela realização pessoal e interconexão.

Ikigai traduz-se como “a razão de ser; aquilo que nos faz levantar todas as manhãs”.

Parece simples…

Ou, por outro lado, assustador.

Afinal, o que nos faz, realmente, levantar da cama todos os dias? O que nos motiva para cada dia de trabalho? E a inspiração para fazer melhor e continuar em frente, vem de onde? Segundo a filosofia Ikigai, para que encontrar um propósito é necessário procurar responder às seguintes questões:

– O que gosto ? O que me dá prazer? – O que sei fazer realmente bem? – O que o mundo precisa? – Pelo que posso ser remunerado/a?

Encontrar as respostas a estas questões poder-nos-á conduzir no grande segredo de uma vida longa e saudável, já que a combinação destes quatro quadrantes nos permite expressar a nossa paixão e vocação, e encontrar a nossa profissão e missão.

A manutenção do equilíbrio entre estas quatro dimensões da vida humana permite encontrar um Ikigai, ou mais, ao longo de uma viagem feliz.

Já encontraste o teu Ikigai?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *